Poupança de Energia- 2009 – 2012

Poupança de Energia- 2009-2012

Com o objetivo de gradualmente se aproximando da versão modificada em 2010 da “Directiva da UE relativa ao desempenho energético dos edifícios” (EPBD) será revisto Portaria Poupança de energia foi válida desde 2009 pelo Ministério dos Transportes, Construção e Desenvolvimento Urbano (BMVBS) e o Ministério do Meio Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear (BMU).

O proposta deve ser concluída antes do final de 2011. Ainda não é possível fazer afirmações substantivas e específicas sobre as alterações. A única certeza é que a demanda por energia para aquecimento  reduz ainda mais os requisitos devem ser mais transparentes, a fim de aumentar a aceitação geral.
Tanto que  o governo tem que aprovar as alterações previstas de Julho de 2012. Dado um período de transição de seis meses, no início da POUPANÇA DE ENERGIA  Portaria 2012 será feita em janeiro de 2013.

 

• Ao se aproximar do “Directiva da UE relativa ao desempenho energético dos edifícios” (EPBD), que estipula que a partir de 2021 deve haver um edifício passivo  e de energia zero padrão para edifícios residenciais. Em edifícios públicos deve haver um padrão passivo e de energia zero em construção desde 2019. Para os edifícios existentes, estão previstas melhorias de energia extensas.

• Aumentar a eficiência energética dos edifícios

• O aumento da utilização de energias renováveis

• A protecção do ambiente e do clima

• independência de importações de energia

• A segurança a longo prazo do aprovisionamento energético

• Promoção do progresso técnico

Energy  Saving Portaria 2009 (poupança de energia)

O Energy Saving Portaria visa edifícios novos e renovados no futuro menos energia do que antes. Poupança Portaria Energia se reuniram em 2002, o ex-isolamento Portaria. Outros  ordenaram e foram executados em 2004, 2007 e, mais recentemente, em 2009, de forma eficaz.